Páginas

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Campanha da carta da afronta




Amados irmãos,

Com imensa alegria venho fazer um convite para a nossa última campanha do ano.

Será uma campanha de curto período, pois estamos nos aproximando dos períodos festivos, para quem gosta de passar o natal com a família reunida, e também tem aqueles que gostam de viajar na passagem de ano novo, por isso não será interessante que se estenda até essas festividades.

A nossa campanha de jejum e oração começa dia 18/12 e encerramos dia 22/12, quem quiser participar é mesma orientação, me escrever para o seguinte e-mail (aoseuladosenhorjesus@gmail.com), ou informar nos comentários, ou no mural de recados, até dia 17/12 (ao meio dia).

Como veem tem bastante tempo para informarem das participações, por isso, por favor, peço que se atentem aos prazos, no mesmo dia que encerramos a lista dos participantes, será o mesmo dia em que levarei os nomes para a igreja, como sempre gosto de fazer.

Como viram no titulo da nossa campanha “carta da afronta”, cada um fará uma carta de todas as afrontas que tem passados e vamos todos os dias apresentar ao Senhor, se quiserem pode guardar a carta e orarem sobre ela continuadamente, mesmo após a campanha.

Essa campanha consiste na história de um rei de Judá, chamado Ezequias, ele recebeu do inimigo do seu povo, o rei assírio, chamado Senaqueribe, uma carta de afronta, dizendo que eles seriam derrotados por ele, e que Deus não poderia livrá-lo de sua mão, o rei Ezequias, pega a carta e vai à casa do Senhor, mostrar aquela afronta e pedir livramento para a casa de Judá.

Deus então, atendeu sua petição e derrotou os inimigos do Seu povo.

Faremos um seguinte: na carta coloque todas as afrontas, tanto insultos de pessoas, como situações que lhe causam vergonha ou sentimento de injustiça, enfim, aquilo que você precisa que Deus haja em seu favor, e orar sobre essa carta.

Lembrando aos irmãos, que jamais devemos pedir o mal daqueles que nos insultam, nos perseguem e até mesmo levantam falso testemunho contra nós, apenas iremos apresentar a Deus as afrontas que temos sofrido, e orar também por essas pessoas que nos perseguem.

Eu passei por uma situação de perseguição no meu trabalho, onde uma antiga colega, me perseguia muito, passava o dia me dando indiretas, e eu comecei a orar por ela todos os dias, não respondia as afrontas, e Deus agiu em meu favor, ela parou de me perseguir, e até nos damos muito bem.

Hoje ela não esta mais na empresa que eu trabalho, mas hoje sempre que nos vemos nos cumprimentados e uma aprendeu a gostar da outra.

As principais armas do cristão ao seu próximo são amor e oração, pois nossa luta não é contra a carne e o sangue, mas contra o inferno.

Então, deixo claro aqui, que a intenção dessa campanha não é pedir a Deus vingança contra o homem, assim como Ana que orou para Deus converter aquela esterilidade e não orou para o mal de Penina, que lhe humilhava por Ana ser estéril.

Assim seremos nós, oremos para que Deus converta situações em que estamos passando que se tornaram motivos de humilhação e zombaria para nós.

E orar com sinceridade a favor dos homens que nos perseguem. Se você não tiver vontade, seja sincero com o Senhor que não tem vontade de fazer o bem a quem lhe faz mal, mas em obediência a Sua palavra você escolheu agir conforme a vontade dEle, mas que Deus trabalhe em seu coração para que não guarde magoa, raiva e sentimos de vingança.

Foi em obediência a Sua palavra que eu orei, contra a vontade da minha carne, e Ele trabalhou em mim e na pessoa que me perseguia, e como disse, hoje eu tenho a vitória sobre essa afronta, não sou mais perseguida, e ainda fizemos amizade.

Na próxima quarta-feira (dia 13/12) deixo aqui todos os detalhes da campanha, dos jejuns e dos versículos que vamos ler durante a mesma.

Fiquem com Deus!

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

O amanhã pertence a Deus




O meu futuro está nas Tuas mãos;
Salmos 31:15


Amados irmãos,

Não é nada fácil esperar, e a espera nos cansa tanto que às vezes achamos que não vamos conseguir guardar a fé até o final.

Iniciamos o nosso deserto confiantes que haverá uma terra prometida do outro lado, e que certamente chegaremos lá. E aí oramos com tanto fervor, e levantamos os nossos joelhos do chão e tudo parece igual, nenhuma nuvem se moveu no céu.

E passam as horas, passam os dias, os meses, e muitas vezes, até os anos, e tudo igual do que a primeira vez que você resolveu colocar nas mãos de Deus essa causa.

Quando o milagre não vem, ou pela menos não veio ainda, é como um balde de água fria em nossas expectativas.

Acontece que fé não é empolgação, é simplesmente acreditar que Deus pode resolver qualquer coisa que seja considerada impossível ao olho humano, é resistir ao tempo, as contrariedades da vitória e continuar crendo que acontecerá.

Em Marcos 9:17-27, conta a história de um menino que estava possesso, e seu pai já havia batidos em todas as portas possíveis e não havia ninguém que pudesse libertar aquela criança, nem mesmo os apóstolos de Jesus conseguiram.

Tão logo Jesus chega diante daquele pai, e faz uma afirmação que quase o estagniza: Se tu podes crer, Tudo é possível ao que crê!

Mas, em meio aquela fala de Jesus, que parecia embaraçosa, ele responde: Eu creio, Senhor! Ajuda a minha incredulidade.

Eu digo que havia fé naquele homem, por trás de tamanha frustração de espera, e de não ver seu problema resolvido, mas sim, ele tinha fé.

A maior prova da fé dele, é que ele estava ali, ele poderia escolher ficar em casa, se lamentando sobre o futuro perdido daquela criança, e de toda a família, mas ele foi atrás da solução, ele não teria escolhido sair de casa, carregar o filho naquelas condições se não acreditasse de jeito nenhum que Jesus poderia libertar seu filho.

Talvez sua fé estivesse nas “portas dos fundos”, enquanto a decepção atuava no “palco” do seu coração, mas ele pegou o restinho de força que lhe restara e foi em busca de ajuda, do Homem que ele ouviu dizer que curava, que libertava, e que operava milagres onde passava.

Foi com aquele restinho de força que a história virou, aquela família foi restaurada, e voltou para casa sem aquele espírito pertubador.

Não sabemos quais são as próximas páginas que nos espera, nem quanto tempo mais passaremos com nossos joelhos dobrados no chão contando ao Senhor a mesma causa e o quanto é necessário que isso seja resolvido, mas se o nosso futuro está nas mãos de Deus, isso significa que ele está guardado, e bem guardado!

Se eu e você como criaturas dEle, conseguimos ser criativos e inovadores, para criar e desenvolver tudo o quanto é necessário para a nossa sobrevivência e facilidade do nosso dia a dia. Imagine a mente de Quem nos criou. Ele é Poderoso para fazer muito além do que deseja o seu coração, Ele pode fazer melhor do que aquilo que você sonhou.

Durante a espera, o Seu trabalhar também é direcionado a nós, e não unicamente na benção que esperamos, Sua vontade é amadurecer a nossa fé, desenvolver nossa comunhão, despertar nossas orações, e deseja nos ensinar que, ainda que o mais alto dos gigantes esteja diante de você ameaçando a sua vida, que você não se deixe levar pelo medo, porque Ele sempre esteve e sempre estará com você, e que você nunca se esqueça de que é dEle que provém a vitória.

E quando você nem estiver olhando pro seu futuro imaginando como ele será e quando acontecerá, Deus chega de mansinho e olha pra você e diz: “Já é a hora de entregar a benção, pois aprendeu que a benção vale menos do que Eu que abençoou, soube guardar a fé apesar da pouca força que possuía, e confiou a Mim o seu futuro, mesmo quando tudo ao redor parecia dizer que Eu não ia fazer”.

Você percebe que realmente Ele trabalhava onde seus olhos não te informaram o que fazia Ele, enquanto você estava prostrado em lágrimas e onde o silêncio parecia ser Sua única resposta, Ele pôs “ingredientes” especiais no teu milagre, e Ele preparou tudo em proporções maiores e melhores e te entregou até aquilo que nem ao menos haviam sido visitados pelos teus sonhos.

Te aconselho a fazer como o pai do menino possesso, e pegar o resto de força que te restou e levar mais uma vez essa causa para Quem de verdade pode resolver, só assim que ele pôde viver o milagre, só assim eu e você poderemos viver milagres, e alcançar testemunhos.

Se o teu futuro é do Senhor, uma coisa é certa, ele será lindo!

Enquanto seus joelhos estiverem no chão, o teu Deus trabalha para no tempo certo te favorecer.

Creia, tudo vai dar certo!

Espera no Senhor, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no Senhor.
Salmos 27:14


segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Mais que suficiente




Amados irmãos,


Hoje trago uma linda mensagem do Ap. Joel Pereira, extraído do blog projeto vida, é uma mensagem lindíssima, mas ainda mais que belas palavras, é uma mensagem verdadeira, e tenho certeza que nasceu do coração de Deus para as nossas vidas, e vamos a ela:


Shalom!

Deus abençoe você, cubra sua casa, sua vida com o sangue do Cordeiro, que você possa viver o melhor tempo da sua vida. Eu estava ministrando uma palavra e no meio da mensagem eu disse que quando vivemos uma vida de ansiedade, nós perdemos o governo da nossa vida, e isso tem sido o alvo principal do diabo contra nós.


Colocar você ansioso, preocupado, tenso, aí você perde o governo, as decisões, a criatividade, a produção e você é atingindo, inclusive na saúde.


“Deus pode fazer-vos abundar em toda graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, ampla suficiência, superabundeis em toda boa obra.” II Coríntios 9:8. Mas o Senhor diz na Palavra que Ele pode nos dar ampla suficiência para que possamos realizar as boas obras. É tremendo este texto, porque o Senhor diz que Ele pode nos fazer abundar em todas as coisas e nos dá ampla suficiência. Por isso eu ministrei neste domingo a palavra MAIS DO QUE O SUFICIENTE. O projeto de Deus é dar pra você mais do que o suficiente. Em João 4:14 diz que aquele que beber desta água não só não terá mais sede, pelo contrário, se tornará uma fonte. Ou seja, Deus quer te dar mais do que o suficiente para praticar as boas obras, tem que equilibrar a balança.


Muitos recebem mais do que o suficiente em dons, em finanças, em tudo, mas não praticam nada com isso e por isso estancam, por isso param de receber. Mas quando o Senhor diz para aquela mulher samaritana: "olha, pelo contrário, você vai se tornar uma fonte, você não vai saciar só a sua sede." A promessa que Deus tem para você, que eu profetizo, é: aquilo que hoje é a tua sede vai virar uma fonte na sua vida. Aquilo que hoje é a sua necessidade vai virar o teu discurso e o teu testemunho e você vai ter para dar aos outros. Quero profetizar que, na área da tua necessidade hoje, Deus diz: pelo contrário, eu não vou só saciar a tua sede, mas vou lhe dar condições de você abençoar outros nesta área que você hoje está sendo cativo.


Aquilo que te cativa hoje será usado para libertar outros. Aquilo que é a sua sede hoje, Deus vai usar como fonte para saciar a vida de muita gente. Receba esta palavra, Deus vai lhe dar ampla suficiência, Deus vai lhe dar mais do que o suficiente, mas não pare, porque se você não praticar boas obras, abençoar o Reino e as pessoas, não tem o porquê Deus te encher e te abençoar com mais do que o suficiente. Deus abençoe os seus dias e te faça prosperar em todas as coisas!




Fique com Deus!

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Oração fervente - Parte 2



Amados irmãos,


Antes de irmos à mensagem de hoje, gostaria de informar que brevemente estarei publicando os detalhes da nossa próxima campanha, alguns irmãos estão entrando em contato pedindo mais uma campanha, é que tem sido muita correria mesmo, mas fiquem ligados que irei publicar.


Mensagem do dia: continuação de um trecho do livro “Oração fervente” de Priscilla Shirer.


Numero 3: o machado era um empréstimo (v. 5). A presença da paixão, fé e crença em nossos corações é um presente. É um empréstimo para as nossas almas. Como o machado do homem, a nossa paixão e fervor espirituais vêm de Alguém como um presente para nós. Se você já clamou a Deus apaixonadamente com fé, acreditando plenamente que Ele é capaz de fazer mais do que pedimos ou pensamos ou imaginamos, é porque Ele colocou primeiro essa paixão dentro de você.


Então, ao invés de sempre sentir-se culpada – pessoalmente responsável – quando a sua paixão pela oração estiver fraca ou ausente, entenda que é serviço de Deus dar-lhe a chama e mantê-la queimando dentro de você. Isso significa que você não pode fabricá-la sozinha. Seu inimigo, entretanto – dissimulado como é – quer sobrecarregá-la com culpa por não ter algo que, para começar, não se originou em você. Não caia nessa.


Numero 4: apenas uma obra de Deus poderia recuperar o ferro do machado. “O homem de Deus perguntou: ‘Onde caiu? ’ quando ele lhe mostrou o lugar, Eliseu cortou um galho ali, fazendo o ferro flutuar”  (v. 6). Milagrosamente, pela mão de Eliseu, o ferro do machado flutuava e balançava na superfície como se fosse nada além de um pedaço de madeira flutuante. Lá vem ele! Sua ferramenta estava de volta! Divinamente recuperada. O servo de Eliseu estava compreensivelmente convencido de que não havia esperança de recuperá-lo. E não haveria mesmo... entretanto, ele foi até Eliseu. Deus, através do profeta, entrou em cena e fez o machado reaparecer. Se o ferro do machado tivesse apenas caído no chão, quem quer que o tivesse visto – poderia tê-lo recuperado. Todavia, ele estava no fundo do rio. Só um milagre poderia obtê-lo de volta.


Assim, você pode também precisar de um milagre para obter de volta o que você perdeu, caso também tenha ido para o fundo – o mesmo pode acontecer uma vez ou outra com a paixão de qualquer pessoa pela oração.


Ouça. Nada – nada! – está perdido em um lugar tão longe que o seu Deus não possa recuperar. Até mesmo a sua disposição. Então chegue-se a Ele para obtê-la de volta. Não tente recuperá-la sozinha. Não lance a sua esperança em outras pessoas ou circunstâncias só para absorvê-la novamente no seu ser. Coloque-a aos cuidados de Deus. Só mesmo a Sua obra milagrosa pode fazê-la voltar à superfície que é onde ela deve permanecer. E Ele está mais do que disposto a fazer isso.



quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Oração fervente- parte 1




Amados irmãos,

Na mensagem de hoje, trago um trecho do livro “Oração fervente” de Prsicilla Shirer, ela é a atriz que atuou no filme quarto de guerra, onde sua personagem se chamava Elizabete.

Quem ainda não leu, mais que recomendo a leitura, é maravilhosa, não há como não sermos despertados para oração depois de lermos esse livro.

O livro não é caro, quando comprei foi uns vinte e poucos reais, e tem uma linha completa de livros do quarto de guerra, quem tiver interesse segue o link: http://www.quartodeguerra.com.br/

Eu não comprei pelo site, comprei numa loja da minha cidade, fica a critério de cada um.

Bom, vamos à mensagem?



Referência bíblica: 2 Reis 6:1-7

Se eu fosse o seu inimigo, eu procuraria obscurecer a sua paixão, embotar o seu interesse pelas coisas espirituais, diminuir a sua fé na capacidade e na preocupação pessoal de Deus por você, convencê-la de que a esperança que você perdeu jamais será recuperada – e era apenas uma mentira, só pra começar.

A oração fervente é alimentada pela paixão. Pela fé. Pelo fogo!

De acordo com a história, o profeta Eliseu estava ao lado de um dos seus protegidos, que estava cortando uma árvore às margens do rio Jordão, trabalhando para juntar a matéria-prima necessária para a construção de um local de reunião maior. Mas em um dado momento, ao levantar ou descer o machado, a cabeça de ferro da ferramenta daquele homem afrouxou e soltou do seu cabo de madeira e foi parar na água, afundando em seguida.

E dessa forma, ele perdeu a sua disposição.

O jovem profeta estava horrorizado. Não só ele tinha perdido a única ferramenta disponível – o instrumento mais importante de sua caixa de ferramentas; aquela lhe traria o resultado desejado – mas o machado que ele estava usando tinha sido pego emprestado de um amigo. O barulho daquele peso na água foi uma dupla falta de sorte que reuniu decepção e desgosto. Ele não podia seguir em frente com o seu projeto de construção, e ele ainda precisaria ir até a pessoa que tinha emprestado o machado para cortar-lhe o que acontecera, que ele tinha quebrado e perdido a ferramenta, e que não havia como recuperá-la.
Observe, porém, esses detalhes encorajadores da história:

Número 1: Apesar da perda do ferro do machado, a presença de Deus ainda estava próxima. No antigo Israel, os profetas de Javé eram representantes de Sua presença e poder entre o Seu povo. Assim, quando o homem nesta história perdeu o ferro do machado, o fato de que o profeta Eliseu estava bem ali ao lado dele (v. 3) não era apenas um simples conforto.

Importava que Eliseu tivesse visto o quão duro este homem havia trabalhado, todas as árvores que ele tinha cortado, e como sua ferramenta tinha se perdido.
Importava que a presença de Deus e a perda do homem ocorressem dentro de uma proximidade. Satanás gostaria de convencê-la de que a sua falta de paixão é uma indicação de que Deus nunca esteve com você ou cansou-se de você e foi embora. Ele quer fazê-la crer que Deus não tem visto a sua luta não sabe ou não se interessa sobre os detalhes de sua vida. Mas só porque você está se sentindo sem palavras ou “vontade” no momento – talvez porque sua ferramenta durante a oração parece perdida agora – não significa que Deus não esteja por perto.


Número 2: O servo estava fazendo algo de bom quando ele perdeu a sua ferramenta. Ele estava sendo produtivo, construindo uma nova moradia para si e para os outros envolvidos na escola de profetas (v. 2). Na verdade, se ele não estivesse trabalhando tão arduamente – se ele estivesse apenas sentado sem fazer nada – haveria pouca chance de o machado afrouxar progressivamente e, finalmente, soltar-se. Isso me diz que engajar-se no que é bom, trabalhar produtivamente até mesmo nas coisas de Deus, não lhe garante uma proteção automática contra a perda de sua ferramenta.

Na verdade, uma das táticas mais sujas de satanás é chegar furtivamente e roubá-la enquanto você está exatamente ocupada com atividades de valor. É por isso que quando você está sentindo dificuldade em sua fé, um esfriamento de seu fogo espiritual, isso pode simplesmente significar que você está fazendo exatamente o que deveria fazer... e fazendo bem.

Continua...


segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Em tudo dai graças...



Amados irmãos,

Hoje trago uma linda reflexão da nossa querida irmã em Cristo Meire do blog vida nova.
Tenho certeza que Deus falará a muitos corações...



Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.
1 Tessalonicenses 5:18

Amados irmãos, muita gente interpreta erradamente o versículo acima, crendo que devemos dar graças por todas as coisas, boas e ruins, mas o que a Palavra quer dizer é que: devemos dar graças a Deus em TUDO, não POR TUDO! 


Você não precisa agradecer a Deus por ter perdido o trabalho, por ter sido deixada por seu cônjuge, por estar enferma, por passar necessidades, não é isso que Deus quer...


Basta não reclamar, murmurar, resmungar, criticar o agir do Senhor ou mesmo se rebelar contra Ele por isso estar acontecendo a você...



Ele é Onipresente, por isso já sabe de tudo que estamos passando, mas não quer nos ouvir choramingando porque isso é evidência de que não temos fé na Sua capacidade de transformar as coisas más em boas...


Lembre se da Palavra que diz:

"Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,

Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor"


Irmãos, nenhuma tribulação pode nos afastar do amor de Deus!


Não é por estarmos sofrendo agora que significa que o Senhor nos abandonou ou não nos quer bem ou que não mudará nossa situação em breve...


É acreditando nisso que podemos oferecer a Ele, mesmo em meio às tribulações, louvores e adoração!


Não estaremos dando graças pela provação, mas sim porque "apesar da provação, Ele é conosco!



Demonstrando essa confiança no Senhor, tenho certeza que estaremos agradando Seu coração e em retribuição, Ele nos guiará para a solução dos nossos problemas...


Irmão, reclamar é tão fácil e comum, qualquer ímpio ou ateu age assim, o que nos diferencia é a capacidade de dar graças em vez de reclamar...


Isso é que é sobrenatural!



Fiquem na Paz

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Os doces e os amargos do deserto




Foi-me bom ter sido afligido, para que aprendesse os teus estatutos.
Salmos 119:71





Amados,


No início desse salmo, começa com uma declaração que parece ser equivocada “foi-me bom ter sido afligido”, oras quem gosta de sofrer aflição? Quem diria isso, que foi bom ter sido afligido?


Alguém que sofreu, mas que durante as mazelas da vida esteve atento e aplicou o seu coração a ouvir, a compreender e aplicar os conselhos do Senhor na sua vida.


A palavra de Deus não é para acrescentar dores, mas a mensagem do Senhor é vida, é luz, é direção, enfim é tudo!


Talvez muitos de vocês (assim como eu), andavam dispersos, separados do Senhor, se achando justo, então caminhamos e caminhamos nos caminhos egoístas e insensatos, e quando demos conta já era tarde demais, o caminho que percorremos nos levou para o deserto, e esse tal de deserto como muitos gostam de dizer é o “enfim, a sós”.


Nesse momento é você e o Senhor, pois no deserto estamos totalmente desestruturados e num lugar totalmente improdutível, não temos como “plantar”, “colher” e fazer nada, significa um lugar de morte, então é em nossa impossibilidade que vamos à Fonte verdadeira que jamais seca, o Senhor!


É aí que começamos a sermos tratados!


O deserto é o tratamento de Deus, e depende muito da evolução do “paciente” para que possamos receber “alta” e sair desse lugar.


Nós precisamos apreender as lições do deserto, porque pular as etapas significa rodar e rodar sem chegar a lugar nenhum, precisamos entender que tudo o que Deus faz é sempre para o nosso melhor.


Obedecer a Ele é para o nosso próprio bem, se do contrário nos rebelarmos e não querermos seguir Seus conselhos, Ele continuará sendo Deus de qualquer maneira, mas nós sem Ele nada somos, tudo o que Ele criou e tudo o que Ele colocou na nossa vida é para o nosso bem estar.


Mesmo o deserto, porque Ele viu a nossa necessidade de aprender, sabia o quanto nos traria prejuízo continuarmos sendo rebeldes, e quis nos poupar dessa sequência de perdas em nossa vida, e também quis nos abençoar com a terra prometida, quando a travessia do deserto chegar ao fim.


Enquanto ainda está nesse lugar, aproveite a companhia dAquele que caminha de dia e de noite contigo, que não deixa a poeira do deserto enterrar seus sonhos, mas que tem te conduzido e te protegido. E por Ele ser também, um Deus Onipresente enquanto Ele marca presença com você, Ele também está na terra prometida preparando o lugar pra que a sua vitória seja em porção dobrada.


Ainda que o preço pago seja dias amargos e lágrimas arrancadas, então que seja, pois também haverá o dia em que você entenderá que o deserto foi feito pra te aproximar mais dAquele que mais te amou desde a criação do mundo!


Pense nisso!


A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é fiel, e dá sabedoria aos símplices.
Os preceitos do Senhor são retos e alegram o coração; o mandamento do Senhor é puro, e ilumina os olhos.
O temor do Senhor é limpo, e permanece eternamente; os juízos do Senhor são verdadeiros e justos juntamente.
Mais desejáveis são do que o ouro, sim, do que muito ouro fino; e mais doces do que o mel e o licor dos favos.
Salmos 19:7-10



quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Entregando nossa campanha de jejum e oração





Amados irmãos,


Chegamos ao final de mais uma campanha de jejum e oração, onde unimos a nossa fé e a adoração a Aquele que vive e reina para todo o sempre.


Se caso, a petição de vocês ainda não foi atendida, se o milagre ainda não pode ser avistado, apenas descanse na certeza de que uma vez entregando a Ele, Ele cuida, Ele transforma, Ele faz acontecer!


Meditem nessa afirmação do versículo de hoje (Lucas 1:37). O que quer que tenham colocado em Suas mãos, nada será impossível, nada do que estiver nos planos dEle deixará de se cumprir, pois Ele é quem mais pode!


Em breve estarei anunciando mais uma campanha, não vamos parar, fiquem ligados no blog.


Fiquem com Deus!


Porque para Deus nada é impossível.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Depois da tempestade, vem bonança!



(...) Então, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança (...).
Mateus 8:26




Amados irmãos,

Somente quem já esteve no deserto é que sabe o quanto ele nos machuca e nos cansa, o quanto a nossa fé é provada, e o esforço que as batalhas diárias exigem de nós.


Mas, também só sabe o alivio acompanhada de imensa alegria que sentimos depois que saímos dele, justamente é quem esteve nele, e teve que lutar até o final.


Não podemos perder de vista o resultado que esse “passeio” forçado nos trará futuramente, não apenas a alegria de viver o milagre que foi tão sonhado e esperado, mas o que se aprendeu durante ele, porque o conhecimento que adquirimos e a comunhão que temos com Deus durante o deserto é para levarmos a vida inteira.


Infelizmente, muitas vezes, precisamos fazer uma longa jornada de deserto para aprendermos a cultivar a nossa comunhão com Deus, e que isso é, o que temos de mais preciso na vida, Ele é o Deus Soberano e dEle depende toda a nossa história.


Pois antes do deserto talvez, muitos de vocês, (assim como eu um dia) acreditasse que, o que nos trás felicidade e completude é ter todos os nossos desejos atendidos.

Tem pessoas que passam a vida toda correndo atrás dessas coisas, e muitas vezes até conseguem, mas ainda assim não são felizes, e também tem pessoas que não tem muitas coisas e poucas realizações terrenas, mas por fazerem do Senhor sua alegria de viver, todo o resto se torna menor, pois são fartas do mais importante.


Não estou dizendo que seja errado sentir tristeza pela falta das coisas secundárias da vida, estou dizendo que não podemos inverter os valores das coisas, e temos que ter muito cuidado com isso, não podemos amar pessoas ou sonhos acima do Senhor, nada disso vai nos completar o bastante, só Deus pode ter o papel principal na vida do homem.


Ele é o Criador de todos os seres e o fundador dos alicerces da terra, e como tal, Ele tem pleno conhecimento dos caminhos do homem, por isso somente Ele pode ter as chaves de todas as portas, inclusive a porta da felicidade.


Por enquanto que aguardamos as Suas promessas se cumprirem, a nós basta sabermos que Ele virá em nosso auxilio, não sabemos nem o dia e nem a hora, mas o Senhor virá acalmando a tempestade e trazendo bonança no lugar dela.


O inimigo tenta cirandar em nossa mente, trazendo pensamentos negativos, formulando perguntas sem respostas, tentando semear a incredulidade em nosso coração, para deturpar os planos de Deus em nossa vida, por isso o meu convite aos irmãos é que se encontram nessa dificuldade apresentem ao Senhor, peça o Espírito Santo para blindar a sua mente com a verdade da palavra, para que os dardos inflamados do maligno sejam quebrados e não ganhe força de brotar em você.


Repita quantas vezes for preciso pra você mesmo, até que interiorize isso dentro de você: “depois da tempestade vem bonança, esse vento vai passar, há um tempo melhor esperando por mim, eu vou viver esse tempo. O Senhor é o meu Pastor, Ele guardará a minha vida, Ele trocará o meu choro por alegria”.


Não deixe essa tempestade te levar ao desespero, o Senhor virá acalmando esse mar, as ondas não vão te levar, você não vai afundar.


Você não conhece os planos do Senhor, mas você pode ter a certeza que Ele cuidará de tudo, Seus planos são perfeitos, nem você poderia imaginar algo melhor do aquilo que Deus tem trabalhado para te dar, e que não podem ser impedidos, por mais que os muros estejam altos, o Senhor prosperará o teu caminho.


Apesar dos seus olhos estarem vendo a enorme tempestade que se levanta querendo naufragar seus sonhos, sua vida e sua família, apenas creia, creia que o Senhor pode fazer, creia que Ele está do seu lado e que providenciará um escape e você escapará com vida, e levando o prêmio em mãos.


A tempestade tem data de validade pra acabar, uma hora Jesus entra no cenário, ordena que os ventos cessem, e que os raios se esvaem, e que raiar do sol volte a surgir trazendo um brilho novo de glória sobre a sua vida.


Segura em Jesus e confia nEle, a ordem dEle é que a tempestade saia de cena, para então a bonança chegar.


Pense nisso!



Faz cessar a tormenta, e acalmam-se as suas ondas.
Salmos 107:29



sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Deus na sua vida



Assim era o Senhor com Josué; e corria a sua fama por toda a terra.




Amados irmãos,


Josué continuou o legado de Moisés de tomar de volta a terra de Canaã, para que Israel pudesse tomar posse. (Josué 1:2)


Deus fez maravilhas por meio dele! Ele foi um grande líder... Corajoso, sábio, persistente, e outra característica que fez toda a diferença na vida dele, e que faz toda a diferença na minha e na sua vida: o temor do Senhor!


Ele acatava toda a direção dada pelo Senhor, e por isso era bem sucedido nas lutas que teve que enfrentar.


Foi assim que a fama dele percorria toda a terra.


Era assim também, que o nome do Senhor era conhecido entre outras nações, pois os homens daquela época haviam se apartado de Deus, eram povos politeístas e idolatras, e através de Moisés, Josué e homens verdadeiramente tementes a Ele, toda terra saberia que era Deus o Todo Poderoso, e o que Ele fazia para defender o Seu povo.


Quando os sinais e maravilhas feitos pelo Senhor na terra do Egito, na travessia do Mar Vermelho e também do Jordão chegaram aos ouvidos da prostituta Raabe, foram o suficiente para que ela cresse de todo o coração que certamente a cidade de Jericó seria tomada, e logo ela tomou uma atitude para que ela e sua família não perecessem junto com aquela gente pagã...(Ver Josué 2).


Ela escondeu os espias israelitas, e despistou os homens que estavam no encalço deles, para que eles retornassem ao acampamento em segurança.


Por conta disso, na invasão de Jericó, ela e sua família foram poupadas e ainda ganharam o direito de viverem entre Israel. (Josué 6:25).


Bom, voltando a falar em Josué, é impressionante que o Senhor faça questão que os seus servos possam colher os “louros da fama”, é claro, sem nunca perder de vista, que Ele é Deus que opera maravilhas, e que somos apenas instrumentos em Suas mãos, no qual Ele capacita na obra em que nos direciona.


Mas, o Senhor exulta o nosso nome, e ficamos conhecidos, para que através de nós, outros possam ver o quão grande, poderoso, maravilhoso é o Deus a quem servimos.


Muitas vezes, pensamos que se estamos servindo a Deus tudo na nossa vida tem que dar certo o tempo todo, mas não precisamos ensinar Deus a trabalhar, Ele sabe que quando O servimos tudo a nossa vida está interligado a Ele, afinal, quem não O conhece vai buscar referências desse Deus através de você, que O conhece e que vive uma relação com Ele.


Você não precisa ter respostas quando algo não for bem na sua vida e as pessoas questionarem porque isso está acontecendo, afinal, você é fiel, você ora, e vai frequentemente a igreja, nesse caso, as referências que elas irão encontrar é na sua fé, que mesmo em situações que poderiam arrancar uma reação de desespero, ver que você está em paz, porque tem um Deus que zela pela sua vida e que tudo irá se resolver.


Por mais que em alguns momentos você se deixa abater, você sabe que Ele está operando, e quando menos você esperar a sua fama de perdedor vai mudar, quando perceberem Ele vai te tirar da cova e te conduzir ao lugar de dupla honra.


Imagine Josué rodeando as muralhas de Jericó durante sete dias, o que os moradores daquela cidade poderiam pensar? No mínimo que ele era um bobo, e como dizem na nossa época “está pagando mico”, afinal, o que tem haver saldados guerreiros, em vez de pegarem suas armas e tentarem derrubar os portões da cidade, ficarem rodeando? O que poderia mudar?


Mas por terem obedecido à ordem do Senhor, sabemos que o resultado foi o desmoronamento das muralhas, e a invasão daquele território e os inimigos totalmente dominados e derrotados.


Pois, diante das afrontas e dos pensamentos alheios a seu respeito, o foco dele era em honra aquilo que o Senhor lhe ordenara.


Por enquanto que o sobrenatural não acontece, a nossa preocupação deve está em obedecer, vivendo a sua palavra, porque na hora certa Ele sabe recompensar aos que mesmo na prova não buscaram atalhos, mas seguiram firmes em buscar a Sua direção.


O seu nome está anotado na “agenda” da providência do Altíssimo, enquanto você estiver obedecendo, adorando, orando e O louvando, Ele cuida para converter situações e providência a sua fama de vitorioso.


Vitoria não é para aquele que usa toda a força do braço, mas aquele se esforça em cumprir a vontade do Criador.


Ele tem milagre pra você!


Levanta o pobre do pó, e desde o monturo exalta o necessitado, para o fazer assentar entre os príncipes, para o fazer herdar o trono de glória; porque do Senhor são os alicerces da terra, e assentou sobre eles o mundo.



“(...) Saibam que Eu Sou Deus! Serei exaltado entre as nações, serei exaltado na terra. "




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...