14/07/17 Celebre desde já a tua vitoria!





Canta alegremente, ó estéril, que não deste à luz; rompe em cântico, e exclama com alegria, tu que não tiveste dores de parto; porque mais são os filhos da mulher solitária, do que os filhos da casada, diz o SENHOR.
Isaías 54:1



Amados irmãos,


Para muitos, parece até loucura nos alegrar diante de algo infrutífero, que não se gera, que não dá frutos, que não tem resultado positivo, mas é o que Deus nos manda fazer, alegrarmos diante do pouco, e até diante do nada, porque até do nada Deus abre grandes provisões.



Nem sempre a esterilidade está localizada no ventre, às vezes é num sonho que nunca vira realidade, é em uma (ou varias áreas) da nossa vida que não avançam e parece que vivemos dias repetidos, e por isso, diversas vezes baixamos a guarda e ficamos desarmados diante da “esterilidade”.


Mas, Deus é um Deus de vida, de restauração, de restituição, é o Deus que visita os lugares assolados e o restaura por completo, e chama a vida coisas que não existiam (Rm 4:17), ressuscitando sonhos perdidos, que era tido como encerrados.


Assim diz o Senhor dos exércitos: “Não desceu a sepultura os planos que Eu tenho ao teu respeito, Eu sou o Deus que transforma vales e desertos em mananciais de benção”.


Esterilidade nenhuma pode paralisar o poder do Eterno. O que ou quem poderá está a frente dEle para impedirem os Seus propósitos de serem estabelecidos? (Isaías 43:13) NADA e NEM NINGUÉM, portanto não se acomode no meio do vale achando o que o lhe resta são apenas os ossos secos, este não é o lugar que o Senhor escolheu para você habitar.


O que Ele tem para a tua vida é: prosperidade, multiplicação, realização, transformação (Ver Dt 28)... Ele tem vida nova (Isaías 43:19), vida de abundância (João 10:10), Ele tem reservado lugar de dupla honra (Isaías 61:7).


Não precisamos esperar floresceram o que era “murcho” para que possamos cantar alegremente; celebre com enorme júbilo a tua vitória ainda agora enquanto ainda avista a “esterilidade”, porque ela não vai durar muito tempo, os seus dias estão contados, está para ser cessado o tempo do choro, e dando o lugar ao regozijo.


Está vindo aí uma grande virada no meio dessa tribulação, está se transformando em real aquilo que era motivo de vergonha e visto como desolação, aquilo que era diagnosticado, por muitos, que viam o estado da sua vida como algo impossível, algo perdido, sem solução, terá que assistir a vitória mandada por Deus, para ver que o Deus que tu serve, é um Deus de proezas, e impossível para Ele é só um nome que não quer dizer nada.


As ordens liberadas pela Sua boca, não voltará para Ele vazia, sem antes cumprir com riqueza de detalhes aquilo que Lhe apraz (Isaías 55:11).


Nada disso que você está vivendo, por pior, por mais morto que possa parecer, não é fim, se concentre no alto, que é de lá que a tua semeadura está sendo germinadas (Ver salmo 121), grandes coisas estão nascendo do Reino de Deus e sendo liberadas para a tua vida.


Comece a planejar a celebração do banquete da vitória, pois a palavra final não vem da circunstância, o decreto final vem dAquele que pode transformar a esterilidade em frutificação.


Receba com fé essa palavra de Deus!


(...) estava morto, e reviveu; tinha se perdido, e foi achado. E começaram a festa.
Lucas 15:24


2 comentários: