Páginas

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Deus na sua vida



Assim era o Senhor com Josué; e corria a sua fama por toda a terra.




Amados irmãos,


Josué continuou o legado de Moisés de tomar de volta a terra de Canaã, para que Israel pudesse tomar posse. (Josué 1:2)


Deus fez maravilhas por meio dele! Ele foi um grande líder... Corajoso, sábio, persistente, e outra característica que fez toda a diferença na vida dele, e que faz toda a diferença na minha e na sua vida: o temor do Senhor!


Ele acatava toda a direção dada pelo Senhor, e por isso era bem sucedido nas lutas que teve que enfrentar.


Foi assim que a fama dele percorria toda a terra.


Era assim também, que o nome do Senhor era conhecido entre outras nações, pois os homens daquela época haviam se apartado de Deus, eram povos politeístas e idolatras, e através de Moisés, Josué e homens verdadeiramente tementes a Ele, toda terra saberia que era Deus o Todo Poderoso, e o que Ele fazia para defender o Seu povo.


Quando os sinais e maravilhas feitos pelo Senhor na terra do Egito, na travessia do Mar Vermelho e também do Jordão chegaram aos ouvidos da prostituta Raabe, foram o suficiente para que ela cresse de todo o coração que certamente a cidade de Jericó seria tomada, e logo ela tomou uma atitude para que ela e sua família não perecessem junto com aquela gente pagã...(Ver Josué 2).


Ela escondeu os espias israelitas, e despistou os homens que estavam no encalço deles, para que eles retornassem ao acampamento em segurança.


Por conta disso, na invasão de Jericó, ela e sua família foram poupadas e ainda ganharam o direito de viverem entre Israel. (Josué 6:25).


Bom, voltando a falar em Josué, é impressionante que o Senhor faça questão que os seus servos possam colher os “louros da fama”, é claro, sem nunca perder de vista, que Ele é Deus que opera maravilhas, e que somos apenas instrumentos em Suas mãos, no qual Ele capacita na obra em que nos direciona.


Mas, o Senhor exulta o nosso nome, e ficamos conhecidos, para que através de nós, outros possam ver o quão grande, poderoso, maravilhoso é o Deus a quem servimos.


Muitas vezes, pensamos que se estamos servindo a Deus tudo na nossa vida tem que dar certo o tempo todo, mas não precisamos ensinar Deus a trabalhar, Ele sabe que quando O servimos tudo a nossa vida está interligado a Ele, afinal, quem não O conhece vai buscar referências desse Deus através de você, que O conhece e que vive uma relação com Ele.


Você não precisa ter respostas quando algo não for bem na sua vida e as pessoas questionarem porque isso está acontecendo, afinal, você é fiel, você ora, e vai frequentemente a igreja, nesse caso, as referências que elas irão encontrar é na sua fé, que mesmo em situações que poderiam arrancar uma reação de desespero, ver que você está em paz, porque tem um Deus que zela pela sua vida e que tudo irá se resolver.


Por mais que em alguns momentos você se deixa abater, você sabe que Ele está operando, e quando menos você esperar a sua fama de perdedor vai mudar, quando perceberem Ele vai te tirar da cova e te conduzir ao lugar de dupla honra.


Imagine Josué rodeando as muralhas de Jericó durante sete dias, o que os moradores daquela cidade poderiam pensar? No mínimo que ele era um bobo, e como dizem na nossa época “está pagando mico”, afinal, o que tem haver saldados guerreiros, em vez de pegarem suas armas e tentarem derrubar os portões da cidade, ficarem rodeando? O que poderia mudar?


Mas por terem obedecido à ordem do Senhor, sabemos que o resultado foi o desmoronamento das muralhas, e a invasão daquele território e os inimigos totalmente dominados e derrotados.


Pois, diante das afrontas e dos pensamentos alheios a seu respeito, o foco dele era em honra aquilo que o Senhor lhe ordenara.


Por enquanto que o sobrenatural não acontece, a nossa preocupação deve está em obedecer, vivendo a sua palavra, porque na hora certa Ele sabe recompensar aos que mesmo na prova não buscaram atalhos, mas seguiram firmes em buscar a Sua direção.


O seu nome está anotado na “agenda” da providência do Altíssimo, enquanto você estiver obedecendo, adorando, orando e O louvando, Ele cuida para converter situações e providência a sua fama de vitorioso.


Vitoria não é para aquele que usa toda a força do braço, mas aquele se esforça em cumprir a vontade do Criador.


Ele tem milagre pra você!


Levanta o pobre do pó, e desde o monturo exalta o necessitado, para o fazer assentar entre os príncipes, para o fazer herdar o trono de glória; porque do Senhor são os alicerces da terra, e assentou sobre eles o mundo.



“(...) Saibam que Eu Sou Deus! Serei exaltado entre as nações, serei exaltado na terra. "




quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Ele está no controle!



Eu, porém, endurecerei o coração de Faraó, e multiplicarei na terra do Egito os Meus sinais e as Minhas maravilhas.
Êxodo 7:3



Amados irmãos,

Quando penso que o próprio Deus endurecia o coração de uma pessoa para que os sinais e maravilhas se cumprissem, isso me dá uma ideia mais reforçada acerca de que tudo está no controle dEle.


Porém, não é assim que nos sentimos quando algo em nossa vida está em desordem (pelo menos no nosso ponto de vista), e as coisas parecem sair tão fora de controle, e ficamos tão angustiados que nos esquecemos de que nada foge do controle de Deus.


O deserto, por exemplo, parece ser um lugar tão errado, um ambiente que não é para nós (e não é mesmo), pelo menos pra viver nele eternamente. O fato de estarmos nele tende a despertar em nós os piores sentimentos: a tristeza, a ansiedade, a angústia e até o desespero.


É importante ressaltar que o faraó era o algoz de Israel, um homem capaz de escravizar o outro tem que ser alguém muito cruel, impiedoso e brutal.


A dureza de faraó era própria de sua natureza, então as suas injustiças praticadas eram apenas de sua responsabilidade.


Mas o fato é que nem mesmo o mais poderoso dos vilões está sob o controle de nossa vida.


Hoje eu te convido a não deixar o vale, o deserto, o medo, nem os maus pensamentos te dominar, e sim a descansar na certeza de que existe um Deus que tem o controle absoluto de cada coisa, de cada vida, e de cada situação.


O coração irredutível de faraó, o deserto, as muralhas de Jericó, a colisão inimiga, e dentre tantos desafios, não foram capazes de deter a Israel, eles só perderam a proteção divina por sua própria desobediência, mas enquanto a Presença era com eles não havia nada e nem ninguém que pudesse resisti-los, porque tinha um Deus por eles, você tem um Deus que é com você e por você!  


No salmo 73, Asafe faz um desabafo curioso, ele diz que quando via que os maus prosperavam, ele acabava sentindo inveja, mais a frente, nesse mesmo salmo, ele chega à conclusão de que, um dia tudo o que eles praticavam tornaria contra eles, de que os seus pés eram escorregadios e que certamente no fim, eles teriam o acerto de contas devido.


Não podemos nos apegar ao momento por pior que ele possa parecer, devemos apenas nos manter na Presença dAquele que tudo pode e tudo é.


Uma hora Ele quebranta o coração endurecido, Ele arrebenta as muralhas, Ele divide as águas ao meio, Ele faz como e quando quer, porque Ele é Deus, e tudo está em Suas mãos, a nossa parte é confiar no modo dEle trabalhar.


Difícil é descansar, quando tudo a nossa volta parece nos dizer que o final chegou, e que esse “fim”, não é nada feliz. Mas, quando os maus pensamentos parecem correr mais rapidamente do que a nossa fé, ainda podemos contar com Ele para nos ajudar a descansar, não há nada que coloquemos em Suas mãos, que verdadeiramente Ele não cuide e que Ele não faça.


Confie na misericórdia, no amor e no poder do Teu Deus, lembre-se de que foi esse mesmo Senhor que um dia te resgatou da morte eterna, para que você tivesse um final eternamente feliz.


Ele está no controle!


Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir.
Isaías 59:1


domingo, 12 de novembro de 2017

Dez dias de campanha


Amados irmãos, 

Peço desculpas pela demora da publicação, pois estou com problemas no meu notebook, e a internet que estou usando pelo meu celular está muito lenta. Consegui fazer essa publicação pela internet de uma amiga, Mas consegui receber todos os e-mails, e responder, porem não sei se a resposta chegou para todos.  Vamos aos devocionais diários:   


13/11/17 - Primeiro dia: O Jejum que Deus quer! Isaías 58:5-7


14/11/17 - Segundo dia: Frutos do Espirito. Gálatas 5:22-24


15/11/17 - Terceiro dia: As bem aventuranças. Mateus 5:3-12;


16/11/ 17 - Quarto dia: Como tem sido o terreno do seu coração? Mateus 13:3-8;


17/11/17 - Quinto dia: Já ouviu dizer que somos o  que pensamos? Se deixarmos o inimigo trabalhar, em nossa mente acabamos caindo em suas ciladas, precisamos 
preencher a nossa mente com as coisas do Alto. Filipenses
4:8;


18/11/17 - Sexto dia: Sabia que Deus te concedeu armadura? Você só precisa usá -las! Efésios 6:13-18


19/11/17 Sétimo dia: Não somos nada sem o amor. 1 coríntios 13:1-7.


20/11/17 Oitavo dia: Devemos amar ao nosso próximo, mas não amar da boca para fora, demostrar através de nossas ações 1 João 3:17-18;


21/11/17 Nono dia: Se nossa fé não tem sido o suficiente, talvez não estamos alimentando para que ela cresça em nós. Romanos 10:17


22/11/17 Décimo dia: Qual a sua petição? Para Deus não há nada impossível. Lucas 1:37.


Desejo que todos tenha uma campanha abençoada. 


Fiquem com Deus! 

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Encurvado nunca mais!



E ali estava uma mulher que tinha um espírito que a mantinha doente havia dezoito anos. Ela andava encurvada e de forma alguma podia endireitar-se. Ao vê-la, Jesus chamou-a a frente e lhe disse: "Mulher, você está livre da sua doença". Então lhe impôs as mãos; e imediatamente ela se endireitou, e louvava a Deus. Lucas 13:11-13


Amados irmãos,


Talvez você hoje se encontra como essa mulher esteve durante 18 anos de sua vida, mas não fisicamente, talvez você tenha andado prostrado, encurvado e desacreditado diante de dificuldades que o inferno colocou no teu caminho.


Talvez você senti que os teus ombros estão pesados demais pelas frustrações que se acumularam ao longo da sua vida.


Mas Jesus quer entrar nesse cenário e endireitar o que estava torto, colocar de pé o caído. Ele quer restaurar a sua vida e colocar um hino de vitória nos seus lábios.


Hoje Ele te diz: Você está livre desse mal, você está livre desse peso, você está livre dessa dor que te atormenta, se coloque de pé, porque hoje Eu mudo o percurso da tua história!


Basta você receber, Ele está disposto a mudar, a transformar, a fazer tudo novo. Quando Ele impõe Suas mãos o milagre acontece, a cura chega, o espírito encurvador bate em retirada.


Creia! Ele está tocando na sua vida agora, Ele está tocando nas suas finanças, no seu trabalho, na sua família, no seu relacionamento, na sua vida sentimental, em todas as áreas, em todos os seus caminhos, haverá chuvas de milagres sobre você!


Você não nasceu para ser carregador do inferno. Você nasceu para o louvor, glória e honra do teu Criador.


Não aceite mais andar encurvado (a), não baixe mais a sua cabeça diante de acusações ou por causa do deserto em que se encontra, você tem um Advogado para trabalhar na sua causa, você não está sozinho; Jesus é contigo, e hoje Ele passa endireitando os seus caminhos, a sua vida, e fazendo de você o vaso de honra!


Chega de andar encurvado, erga a cabeça e comece a entoar novos cânticos, porque o Senhor, o teu Deus está te conduzindo rumo à vitória.
Tão somente creia!


E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê.
Marcos 9:23



Participe de nossa campanha de jejum e oração, começaremos próxima segunda dia 13/11 e encerraremos dia 22/11, nos informe sua participação pelo e-mail: aoseuladosenhorjesus@gmail.com, nos comentários ou no mural de recados ao lado. 

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Nova campanha de jejum e oração





Amados irmãos,

É com alegria que venho convidar para a nossa próxima campanha de jejum e oração.


Durante 10 dias estaremos unindo nossa fé e adoração a Deus. Começaremos dia 13/11 e enceraremos dia 22/11.


Amados, ultimamente as campanhas estão sendo em períodos curtos, mas é que no momento eu tenho tido dificuldade de conciliar as minhas tarefas, mas o importante é não deixarmos de jejuar e orar.


Preciso que informe seus nomes até próximo domingo dia 12/11 no máximo até meio dia (Colocando o titulo assunto “campanha” ou “jejum” algo assim para facilitar a minha triagem), após esse horário não poderei mais abrir os e-mails, à noite estarei levando os nomes e consagrá-los na igreja. Podem me informar por e-mail, nos comentários, ou no mural de recados. Por favor, me informe o quanto antes, caso tenham interesse.


A escolha do jejum deixo livre mais uma vez, e logo mais abaixo informo os tipos de jejuns. Cada um poderá apresentar seus pedidos no horário em que escolher.
Peço também que apresente os outros participantes nas orações de vocês.
Sugiro que façam uma lista com seus pedidos, e durante a campanha orem sobre ela.


Amados, não preciso nem dizer que o jejum representa uma guerra no reino espiritual, quando nos levantamos para guerrear o inferno não fica parado, o inimigo de nossa alma fará de tudo para desviar a nossa atenção do nosso verdadeiro foco, bem provável que ele coloque situações difíceis ou mesmo pessoas para mexer com nossos sentimentos, pensamentos e ações, por isso peço a todos que tenham vigilância redobrada.


Desde já peço que orem por nossa campanha, que o Senhor nos revista com Suas armaduras, e que nos ajude entrarmos com mãos limpas naquilo que é santo.


Por isso, também peço que tenham o cuidado de não entrar na campanha sem antes haver reconciliação sobre qualquer desentendimento, caso isso tenha ocorrido.


Outra coisa... Sabemos que nossa boca tem o poder de profetizar benção e maldição, portanto faremos mais que calar a voz da murmuração, usaremos a nossa voz do jeito certo, durante esses dias iremos profetizar, o máximo que pudermos, inclusive quando houver maior tentação de reclamar.


No domingo dia 12/11, (mesmo dia em que encerramos o prazo para receber os nomes dos participantes), estarei publicando os versículos para a nossa meditação diária, peço que se atentem.


No mais, desejo que essa campanha seja para glória e honra de Deus, que Ele possa se agradar de nós, que possamos crescer em intimidade e comunhão com Ele, que o nosso “eu” venha ser diminuído para que assim Ele possa crescer, e que Seus ouvidos estejam atentos ao nosso clamor e que possa nos atender segundo a multidão da Sua misericórdia.




Opções de jejum:

Jejum parcial: neste você irá escolher uma refeição e jejuar sobre ela, por exemplo, se escolher jejuar o café da manhã, só poderá alimentar após o horário do almoço, isto é, pode almoçar, lanchar e jantar, mas cuidado para mão comer em excesso tentando recuperar o que não comeu no café da manhã, sejamos honestos com o Senhor.

Jejum integral: com este, você escolhe apenas uma refeição para se fazer durante o dia e o resto se alimenta com líquidos, exemplo: caso queria tomar o café da manhã, você faz sua refeição de manhã normalmente, e após isso não come mais nenhum alimento, apenas ingeri líquidos, podendo ser café, chá, leite, suco (desde que não seja alimentos batidos ficando mais uma pasta do que líquido), ou qualquer que seja o líquido. Pensem bem antes de escolher este pois, ele é mais difícil de se fazer e por isso a chance de abandona-lo é maior.

Jejum seletivo: já neste, você pode escolher um alimento ou mais que gosta muito e tem o hábito de comer todos os dias, e então jejua sobre ele, por exemplo: carne, doce, café, refrigerante, enfim, qualquer coisa, mas como eu disse se esse alimento for consumido todo o dia e que goste muito, caso contrário não será sacrifício.

Mas, quanto a mim, quando estavam enfermos, as minhas vestes eram o saco; humilhava a minha alma com o jejum, e a minha oração voltava para o meu seio.



Fiquem com Deus!

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Tem passado vergonha?




Amados irmãos,


Trago hoje mais uma mensagem para edificação da nossa fé, do blog Palavra do dia, escrito por nossa querida irmã em Cristo Michelle Coutinho. Tenho certeza que o Senhor falará tremendamente e de forma especial a cada vida através dessa mensagem, e sem mais delongas, vamos a ela...


Isaías Capítulo 61 Versículo 7.
Por: Michelle Coutinho


“Em lugar da vossa vergonha tereis dupla honra; e em lugar da afronta exultareis na vossa parte; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria.”



Que tipo de vergonha você tem passado?


Pode ser que seja a falta de um emprego, uma dívida que te persegue e você não consegue quitar. Pode ser o seu casamento, situação familiar, posição profissional, sentimental ou até mesmo uma enfermidade.


Você tem pensado: “Senhor eu tenho te servido e estou nessa situação?”.


Amados, muitas dessas situações nós entramos por falta de sabedoria, mas também existe a ocasião onde essas coisas nos pegam de surpresa. E então o que fazer?
Ficamos envergonhados, muitas vezes ouvimos coisas que nos magoam, choramos muitas vezes ao Senhor em silencio, as lagrimas muitas vezes não vem, mas a alma grita.


Chega até o momento em que você tenta provar para as pessoas que o que esta acontecendo não é culpa sua. Mas eu quero te dizer: Siga em frente! Marche!
Faça o que é certo, pratique a palavra, ore e as coisas vão mudar de lugar. Deus mostrará que sempre esteve em sua vida!


Não se preocupe em provar nada para ninguém, continue plantando e os frutos vão aparecer.


No lugar da vossa vergonha, Deus colocará dupla honra!


Tenha um excelente dia!


sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Mãos erguidas




Amados irmãos,

Essa mensagem vem do blog “Sombra do Onipotente”. Tenho certeza que Deus falará de forma especial nessa mensagem. Vamos a ela?!

Então veio Amaleque, e pelejou contra Israel em Refidim.
Por isso disse Moisés a Josué: Escolhe-nos homens, e sai, peleja contra Amaleque; amanhã eu estarei sobre o cume do outeiro, e a vara de Deus estará na minha mão.
E fez Josué como Moisés lhe dissera, pelejando contra Amaleque; mas Moisés, Arão, e Hur subiram ao cume do outeiro.
E acontecia que, quando Moisés levantava a sua mão, Israel prevalecia; mas quando ele abaixava a sua mão, Amaleque prevalecia.
Porém as mãos de Moisés eram pesadas, por isso tomaram uma pedra, e a puseram debaixo dele, para assentar-se sobre ela; e Arão e Hur sustentaram as suas mãos, um de um lado e o outro do outro; assim ficaram as suas mãos firmes até que o sol se pôs.
E assim Josué desfez a Amaleque e a seu povo, ao fio da espada.
Êxodo 17:8-13




Todas as batalhas são vencidas através das mãos. Podem ser mãos visíveis ou invisíveis, mas elas estão lá. Quase todas as profissões do mundo dependem de mãos que trabalhem, que concretizem um projeto, que coloquem no papel a ideia, que transformem pensamentos em versos, ou em petições, ou em artigos, ou em documentos e para tudo o que se pretende fazer, as mãos são o canal entre o intelecto e a matéria concreta.


Os hebreus saíram do Egito sob a poderosa mão do Senhor, mas sua jornada só estava começando, não seria de meros quarenta dias em linha reta traçada entre a praia do Mar Vermelho e as campinas do Jordão, atravessando para as terra prometida, seria uma longa e dolorosa caminhada de quarenta anos.

Todos os povos que habitavam aquelas terras sabiam da história dos hebreus e da forma grandiosa com que o seu Deus os livrou das mãos de Faraó e temeram aquele povo nômade, que partia para a concretização de uma antiga promessa do seu Deus.


Em Refidin os amalequitas pelejaram contra Israel e não era uma situação fácil, eles habitavam no deserto há muitos anos e eram hábeis, organizados e estavam fortemente armados. A ideia era eliminar Israel, antes que os hebreus tomassem suas terras.


Moisés chamou seu valoroso ajudante Josué e deu a seguinte ordem a ele:“Escolhe-nos homens, e sai, peleja contra Amaleque; amanhã eu estarei sobre o cume do outeiro, e a vara de Deus estará na minha mão.” (Êxodo 17:9). Apesar de saber os limites óbvios da ordem recebida, Josué a cumpriu e foi pelejar contra Amaleque, porém ele não foi o único a sair para a guerra, pois três homens subiram a um outeiro (colina) para interceder pelo exército meia sola de Israel: Moisés, Arão e Hur.


Moisés levantou as mãos em direção ao campo de guerra e Israel começou a prevalecer contra Amaleque e seu numeroso exército, só teve um probleminha: quando Moisés cansava e abaixava as mãos, os amalequitas prevaleciam contra Israel. Mãos erguidas: vitória de Israel, mãos abaixadas: derrota de Israel, do jeitinho que acontece até hoje na vida dos servos de Deus: mãos erguidas em oração: vitória garantida, mãos abaixadas: derrota certa.


Na verdade mãos abaixadas simbolizam cansaço, fadiga, relaxamento, falta de compromisso, é quase igual a braços cruzados. A vitória vem de Deus, mas isso não dispensa nossa parte, que é uma vida em comunhão com Ele, pelo contrário, sem oração, sem intercessão, sem pedido de socorro estamos todos fritos.


Com o passar do tempo as mãos de Moisés foram ficando mais pesadas, ele já não era nenhum menino, estava idoso e cansado, mas a peleja continuava e suas mãos tinham de ficar erguidas. Então Arão e Hur, usando suas inteligências, puseram uma pedra debaixo de Moisés para que ele se sentasse nela e ficaram de ambos os lados sustentando as mãos cansadas do bom e velho Moisés e assim ficaram firmes, até o por do sol. Ponto para Arão e Hur.


A vitória de Israel foi belíssima, Josué acabou com Amaleque e seus soldados ao fio da espada. O que Josué não sabia era como foi vencida aquele batalha: com uma pedra que serviu de cadeira sobre um monte, duas mãos erguidas e dois homens, um de cada lado, que as sustentaram. Isso não lembra alguma coisa?


Pois é. A vitória de Jesus sobre a morte se deu sobre um monte e ao seu lado havia dois homens, um à Sua direita e outro à sua esquerda. Quem sustentou os braços de Jesus para consumar a Obra de Salvação? As mãos invisíveis de Deus. Sobre a vida de Jesus estava as mãos de Deus Pai, sustentando e fortalecendo Seu Filho no momento mais importante da história da humanidade.


Naquele dia o Senhor disse a Moisés: “Escreve isto para memória num livro, e relata-o aos ouvidos de Josué; que eu totalmente hei de riscar a memória de Amaleque de debaixo dos céus.” (Êxodo 17:14). Moisés escreveu no Livro de Êxodo.



Nenhuma batalha se vence só na conversa, é preciso base de sustentação, conteúdo, propósito claro, conhecimento, aptidão e tudo isso, na vida dos servos do Senhor, tem um nome: Jesus Cristo. Sem Jesus não há vitória, por mais que as aparências digam o contrário, por mais que um cidadão sem Deus aparente ser um vencedor. Coisas, dinheiro, bens materiais só se traduzem em vitória nas vidas que estão nas mãos certas, nas mãos do único que morreu em nosso lugar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...